Registro no Conselho Regional de Psicologia: CRP 06 - 4705/J

Psicoterapia

Para ser feliz! Para ser o mais feliz possível!

A psicoterapia, é um instrumento de ajuda repleto de técnicas humanizadas e direcionada nessa busca da felicidade. Essa felicidade esta ligada a relacionamentos, logo é preciso verificar sua relação com os familiares, seus pares profissionais, seus amantes, cônjuges, filhos… Como é o seu ou os seus papéis, o quanto eles te custam, se você se sente livre para amar e ser amado. Tem se submetido, agredido ou distanciado? Você é espontâneo, tranquilo?

 

A felicidade, para outros pode estar ligada a conquistas concretas e financeiras, como ganhar mais, abrir o negócio que tanto sonhou, ser promovido, conseguir viajar, sair da sensação de dificuldade, alcançar a condição confortável e abundante com relação ao dinheiro. Nós temos inúmeros “nãos” internalizados, que funcionam como sabotadores desconhecidos da nossa consciência, os quais precisam de transformação.

 

A felicidade pode se relacionar com suas conquistas pessoais, ligadas a seus dons. A realização de quem você realmente é, a certas coisas que você sempre se achou capaz, mas, não realizou. A dor de se sentir mal aproveitado, encurralado, se sentindo sem valor é grande. Existem medos e riscos a serem atravessados, até que possamos honrar e ousar ser quem realmente somos.

 

Claro que a felicidade também pode ser um “ato” totalmente interno. Ocorre quando aparentemente tudo está bem, mas, dentro de si tem um sentimento de solidão, tristeza, desânimo, muito medo, ódio guardado, de insegurança, sensação de inferioridade, de ser menos, de não pertencimento, como se fosse excluído da família, do grupo de amigos, do trabalho, etc. Essas sensações e sentimentos muitas vezes são aparentemente inexplicáveis. Não se trata desse ou daquele motivo. É antigo e profundo, precisa de tratamento para voltar à vida real, pois não se enxerga mais a vida como ela é de fato na realidade.

 

Além desses casos, existem as grandes crises da vida. Aquelas doloridas situações que a vida nos impõe. Perdas, traições, quedas financeiras, surpresas que definitivamente não esperávamos, e então, precisamos de ajuda para lidar com o processamento dessas grandes questões. São lutos doídos, quebras profundas de orgulho que nos dobram, mudanças de vida bastante grandes. Requerem técnicas que facilitem a travessia, já que quando estamos nelas, se quer sabemos que vamos sair, que vai passar.

 

Ser você mesmo, sem esforço, se sentir amado e realizado em seus dons e na obtenção de prazer de todos os tipos!

 

Esse é sem dúvida o objetivo máximo da psicoterapia. “O que você tem de mais espontâneo é o seu melhor”. (PGP)

 

Miriam Izabel de Souza – Psicóloga
CRP: 06/32147-4